SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue3Assessment of drainable porosity of a holm soil from soil-water tensionOvercoming velvet bean seed dormancy by "dry heat" author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Scientia Agricola

Print version ISSN 0103-9016

Abstract

KLUGE, R.A.; HOFFMANN, A.; NACHTIGAL, J.C.  and  BILHALVA, A.B.. Qualidade de ameixas (Primus salicina, Lindl.) 'Reubennel' após armazenamento refrigerado. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 1995, vol.52, n.3, pp. 476-481. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90161995000300012.

O objetivo do trabalho foi verificar a qualidade de ameixas 'Reubemier após 30 e 40 dias de armazenagem a 0°C e 90-95% UR e 1, 2 e 3 dias de comercialização simulada em temperatura ambiente (25-26°C). As perdas de peso das frutas até os 30 dias de armazenamento e durante a comercialização foram de 0,57% e 2,0%, respectivamente, enquanto que, até os 40 dias e durante posterior comercialização, as perdas alcançaram 1,87% e 7,0%, respectivamente. As podridões aumentaram durante a comercialização simulada, principalmente após 40 dias de armazenamento. A firmeza de polpa e a acidez total titulável (ATT) tiveram maiores decréscimos após 40 dias de armazenamento refrigerado. Poucas modificações ocorreram no teor de sólidos solúveis totais (SST). Em virtude da alta incidência de podridões, desidratação e sobrematuração após 40 dias de armazenamento, recomenda-se armazenar esta cultivar até 30 dias, com comercialização até 2 dias.

Keywords : armazenamento refrigerado; qualidade; ameixas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese