SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue2EFEITO DO BENEFICIAMENTO DE SEMENTES DE TREMOÇO AZUL SOBRE SUAS QUALIDADES FÍSICA, FISIOLÓGICA E SANITÁRIAALTURA DE VÔO DAS ABELHAS AFRICANIZADAS (Apis mellifera L.) PARA COLETA DE ALIMENTOS author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Scientia Agricola

Print version ISSN 0103-9016On-line version ISSN 1678-992X

Abstract

BARBEDO, C.J.  and  CICERO, S.M.. UTILIZAÇÃO DO TESTE DE CONDUTIVIDADE ELÉTRICA PARA PREVISÃO DO POTENCIAL GERMINATIVO DE SEMENTES DE INGÁ. Sci. agric. [online]. 1998, vol.55, n.2, pp.249-259. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90161998000200013.

Sementes de espécies do gênero Inga apresentam curta longevidade em condições naturais, freqüentemente inferiores a 15 dias. O teste de germinação para estas sementes tem duração de 7 a 15 dias, tornando-o de difícil aplicabilidade na separação de lotes de sementes a serem beneficiados e armazenados. Assim, esta pesquisa visou verificar a eficiência da utilização do teste de condutividade elétrica na separação, quanto à qualidade fisiológica, de lotes de sementes de ingá (Inga uruguensis Hook. & Arn.). Foram utilizados três lotes de sementes distintos quanto à sua época de coleta, cada qual com dois sublotes em função da forma de obtenção (colheita diretamente nas árvores e coleta sobre o solo). Todos foram armazenados por período de 80 dias, em vermiculita úmida dentro de câmara fria, com análises a cada 20 dias. Os resultados comprovaram a eficiência do teste na separação de lotes de alta (germinação superior a 50%), média (germinação entre 10 e 40%) ou baixa (germinação inferior a 10%) qualidade fisiológica que corresponderam a valores de condutividade elétrica de, respectivamente, 0-25, 25-60 e acima de 60 mS.g de peso de matéria seca-1.cm-1.

Keywords : qualidade de sementes; avaliação rápida; semente recalcitrante .

        · abstract in English     · text in Portuguese

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License