SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 número1MANGO TREE CROWN REDUCTIONINTRODUCTION OF THE TABLE GRAPE CULTIVARS "FANTASY SEEDLESS" AND "CRIMSON SEEDLESS" INTO BRAZIL índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Scientia Agricola

versión On-line ISSN 1678-992X

Resumen

CARUSO, E.C.  y  OLIVEIRA, A.J. de. QUANTIFICAÇÃO DE LACTOSE EM QUEIJOS MINAS FRESCAL. Sci. agric. [online]. 1999, vol.56, n.1, pp. 243-246. ISSN 1678-992X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90161999000100033.

O principal objetivo deste trabalho foi verificar a aplicabilidade do método de Acton na determinação de lactose em queijo tipo Minas Frescal e, para isso estudou-se a porcentagem de recuperação de lactose adicionada a amostras dos queijos, em diferentes situações. As recuperações variam de 99,1% e 103,7% , e os melhores resultados em torno de 100%, obtidos para as amostras preparadas contendo até 40 mg de lactose / ml. Os queijos tipo Minas Frescal, de três lotes diferentes com três queijos por lote, foram adquiridos no comércio de Piracicaba, SP aos dois dias de fabricação e nesse mesmo dia, analisados para o teor de lactose. Os resultados variaram de 2,36% a 2,47% no lote 1; 2,68% a 3,03% no lote 2 e 2,19% a 2,48% no lote 3, mostrando, assim, boa uniformidade dentro dos lotes e pequena variação entre estes, mas, todos os valores apresentaram-se dentro das faixas comumente encontradas para este tipo de queijo.

Palabras clave : queijo; lactose; carboidratos; laticínios .

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons