SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 número4Densidade e sistema de espaçamento de bananeiras ‘Nanicão’: duração do ciclo e do período de colheitaDoses e métodos de aplicação de nitrogênio em girassol índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Scientia Agricola

versão impressa ISSN 0103-9016

Resumo

BOZANO, Gustavo Luiz Naslausky; RODRIGUES, Samer Ramos Monteiro; CASEIRO, Alexsandra Carmen  e  CYRINO, José Eurico Possebon. Desempenho da tilápia nilótica Oreochromis niloticus (L.) em gaiolas de pequeno volume. Sci. agric. [online]. 1999, vol.56, n.4, pp. 819-825. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90161999000400008.

Alevinos de tilápia nilótica Oreochromis niloticus (L.) com peso médio de 18,85 g, foram estocados em gaiolas de 1,7 m3 cada, em densidades de 75, 150, 300 e 600 peixes/m3 (T75; T150; T300 e T600), num delineamento inteiramente casualizado (4 tratamentos e 3 repetições), e criados por 196 dias, com ração comercial extrusada, flutuante, contendo 28% de proteína bruta. A cada 30 dias, 20% do lote de peixes de cada gaiola foi medido e pesado para determinar ganho de peso (GDP) e conversão alimentar (CA) de cada tratamento. Os resultados finais de CA e GDP para cada tratamento foram, respectivamente: para T75, 6,31:1 e 71,52g; para T150, 4,08:1 e 65.14g; para T300, 3,57:1 e 59,60g; e para T600, 2,96:1 e 69,17g. Em relação ao ganho de peso, T600 e T75 foram semelhantes (P > 0,01) sendo que T600 apresentou melhor CA que T75 (P < 0,01). Os tratamentos T150 e T300 apresentaram desempenho inferior a T600 ou T75. Os índices de CA e GDP obtidos no experimento, resultaram da interação de fatores como estresse térmico e luminoso, a baixa qualidade da ração comercial utilizada e a baixa taxa de reversão sexual do lote de alevinos adquiridos de produtores comerciais.

Palavras-chave : tilápia do Nilo; tanques-rede; capacidade de suporte; desempenho.

        · resumo em Inglês     · texto em Português