SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 issue4Plant regulators in potato cv. Monalisa, after tuberizationShading and the development and yield of radish author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Scientia Agricola

Print version ISSN 0103-9016

Abstract

DOMARCO, Rachel Elisabeth; SPOTO, Marta Helena Fillet; BLUMER, Lucimara  and  WALDER, Júlio Marcos Melges. Sinergia da radiação ionizante e do aquecimento na vida de prateleira da uva ‘Itália’. Sci. agric. [online]. 1999, vol.56, n.4, pp. 981-986. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90161999000400028.

O comportamento de uva cv. Itália, aquecida e irradiada com diferentes doses de radiação ionizante, foi estudado através de análises químicas (teor de sólidos solúveis, acidez titulável e pH) e análise sensorial (aparência e firmeza). Para o experimento, foram utilizados aproximadamente 500g de uva por amostra e 4 repetições por tratamento. Uma parte foi aquecida por imersão em água (50°C por 5 minutos), antes da irradiação, outra parte foi irradiada à temperatura ambiente (22-25°C). Para a irradiação, utilizou-se uma fonte de Cobalto-60, tipo Gammabeam-650, a uma taxa de dose de 1,89 kGy/h. As doses utilizadas foram, 0 (controle), 1, 2, 3, 4 e 5 kGy. Após a irradiação as amostras foram acondicionadas em caixas de papelão e armazenadas sob temperatura de refrigeração (6°C - 8°C). As análises químicas e sensorial foram realizadas após 60 dias de armazenamento. Observou-se um aumento na acidez titulável e no pH, em função das doses de radiação. O teor de sólidos solúveis e a relação sólidos solúveis/acidez titulável foram maiores nas amostras aquecidas. O tratamento térmico e a radiação gama, isolados ou combinados, não promoveram o aumento de vida de prateleira de uva Itália.

Keywords : irradiação; uva; pós-colheita; análise sensorial.

        · abstract in English     · text in Portuguese