SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue1Physiological quality of pepper seedsSeed vigor of plant populations of black oats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Scientia Agricola

Print version ISSN 0103-9016

Abstract

SPINOLA, Maria Cristina Mingues  and  CICERO, Silvio Moure. Qualidades física e fisiológica de sementes de amendoim submetidas a gesso agrícola: I. Área com calagem. Sci. agric. [online]. 2000, vol.57, n.1, pp. 113-119. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90162000000100019.

O presente trabalho foi conduzido com sementes de amendoim (Arachis hypogaea L.), cv. "Tatu", em blocos casualizados, com três repetições. Os tratamentos consistiram de doses de gesso agrícola (0, 400, 800, 1200 kg/ha), épocas de aplicação (semeadura e florescimento) e localização do gesso agrícola (área total e sulcos de semeadura) em área previamente submetida à calagem (70% de saturação de bases). Foi realizada adubação de semeadura à base de fósforo (80kg/ha de P2O5) e potássio (30kg/ha de K2O5). As avaliações da qualidade das sementes foram realizadas por meio da massa de 100 sementes, teste de germinação, testes de vigor (primeira contagem de germinação, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica, emergência de plântulas em campo) e determinação dos macronutrientes contidos nas sementes. O gesso agrícola em área calcareada, independentemente das doses, épocas e locais de aplicação, não interferiu na qualidade das sementes. A aplicação de gesso agrícola na semeadura, proporcionou um teor de nitrogênio nas sementes superior ao encontrado quando aplicado no florescimento. O enxofre elementar presente no gesso agrícola influenciou o teor de potássio nas sementes.

Keywords : calagem; gesso agrícola; cálcio; qualidade fisiológica; vigor.

        · abstract in English     · text in Portuguese