SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 número3Envelhecimento acelerado e deterioração controlada em sementes de tomateAlocação de linhagens de milho derivadas das populações BR-105 e BR-106 em grupos heteróticos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Scientia Agricola

versão On-line ISSN 1678-992X

Resumo

VERDIAL, Marcelo Fontanetti; CARDOSO, Antonio Ismael Inácio; LIMA, Márcio Santos de  e  CHAVES, Francisco Célio Maia. Coincidência de florescimento entre linhagens de couve-flor na produtividade e qualidade de sementes híbridas. Sci. agric. [online]. 2001, vol.58, n.3, pp.533-539. ISSN 1678-992X.  https://doi.org/10.1590/S0103-90162001000300015.

A falta de sincronismo de florescimento entre as linhagens auto incompatíveis em um campo de produção de sementes híbridas de couve flor pode além de reduzir a produção de sementes comprometer a pureza genética das mesmas. Com o objetivo de estudar o efeito da coincidência de florescimento entre linhagens de couve-flor na produtividade e qualidade de sementes híbridas, foi realizado o presente experimento. Os tratamentos consistiram em seis diferentes épocas de semeadura, espaçadas a cada quinze dias, de uma linhagem de verão auto-incompatível que foi polinizada por uma linhagem de inverno que não apresenta auto-incompatibilidade. Observou-se a coincidência do florescimento das diferentes épocas de semeadura com a linhagem polinizadora. Foram avaliadas as seguintes características: área foliar média, número de flores por planta, número de síliqüas por planta, número de sementes por planta (peso e número), peso médio de 1000 sementes e foi determinado o número de sementes por síliqüa. Foi realizado ainda, o teste padrão de germinação e determinada a pureza genética das sementes para cada tratamento. A coincidência da época de florescimento entre as linhagens de couve-flor afetou diretamente a produtividade e a qualidade genética das sementes híbridas produzidas, sendo que, quanto maior foi o nível de coincidência, maior foi o número de sementes formadas por síliqüa e menor a percentagem de sementes contaminantes. Entretanto, não teve influência na qualidade fisiológica das mesmas.

Palavras-chave : Brassica oleracea; semente; híbrido; auto-incompatibilidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons