SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue2Fate of nitrogen (15N) from velvet bean in the soil-plant systemDepression by inbreeding after four sucessive self-pollination squash generations author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Scientia Agricola

On-line version ISSN 1678-992X

Abstract

MACHADO, Cynthia Torres de Toledo  and  FURLANI, Ângela Maria Cangiani. Atividade de fosfatase ácida de raízes, crescimento das plantas e acúmulo de fósforo em genótipos de milho. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 2004, vol.61, n.2, pp.216-223. ISSN 1678-992X.  https://doi.org/10.1590/S0103-90162004000200015.

A atividade da enzima fosfatase é uma característica fisiológica relacionada à eficiência de aquisição e utilização de P pelas plantas e apresenta variação genotípica. Como parte de um estudo de caracterização de genótipos de milho quanto a características relacionadas à eficiência a fósforo, foram realizados dois experimentos para medir a atividade da fosfatase ácida de raízes intactas de seis variedades locais e melhoradas e de duas subpopulações. As plantas foram cultivadas em solução nutritiva com uma dose de P (4 mg L-1) e a determinação da atividade da fosfatase foi feita em plantas jovens de 17 a 24 dias de idade. A produção de massa seca da parte aérea e raízes, teor e conteúdo de P e índice de eficiência de utilização de P também foram determinados. Entre as variedades, a maior atividade enzimática foi verificada em Catetão e Caiano (locais), e Sol da Manhã, Nitrodente e BR 106 (melhoradas). A variedade local Carioca foi a de menor atividade da fosfatase nas raízes. Entre as subpopulações, 'ND2' foi menos produtiva e menos eficiente na utilização de P, apresentando maior atividade enzimática que 'ND10', mais produtiva e eficiente. As atividades enzimáticas das subpopulações foram inferiores às das variedades. Foram obtidas correlações entre a atividade enzimática e as demais características, específicas para os genótipos, não permitindo deduzir a existência de associação consistente entre acumulação de massa e aquisição de P com a fosfatase secretada pelas raízes. A variabilidade genotípica deve ser conhecida e considerada antes de se definir a atividade desta enzima como indicador do estado nutricional de P e da tolerância, adaptação e eficiência das plantas em condições de baixo P.

Keywords : Zea mays L.; variabilidade genética; atividade enzimática; eficiência nutricional.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License