SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 issue3Spectral variables, growth analysis and yield of sugarcaneFermentative and microbiological profile of marandu-grass ensiled with citrus pulp pellets author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Scientia Agricola

Print version ISSN 0103-9016

Abstract

OZORIO, Rodrigo et al. Carnitina dietética mantem reservas energéticas e evita a fatiga de bagre-africano durante exercício. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 2005, vol.62, n.3, pp. 208-213. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90162005000300002.

Lipídios e proteínas são tradicionalmente considerados combustíveis primários durante natação aeróbica. Nesse ensaio foi investigado o efeito da suplementação de vários níveis de gordura e carnitina no metabolismo de 100 bagres africanos juvenis (Clarias gariepinus). Os peixes foram arraçoados com quatro dietas isoprotéicas, cada uma contendo 100 ou 190 g gordura kg-1 dieta, e um dos dois níveis de carnitina (15 e 1000 mg kg-1). Os peixes cresceram de 61 a 162 g em 10 semanas. No final do ensaio de alimentação, grupos de seis peixes por tratamento foram induzidos a nadar vigorosamente por 3 h e em seguida vários parâmetros foram determinados no tecido muscular e plasma, e os resultados observados nos grupos exercitados foram comparados com grupos controles (não exercitados). Os peixes arraçoados com 1,000 mg carnitina acumularam de duas a três vezes mais carnitina que os peixes arraçoados com 15 mg carnitina. O nível de acyl-carnitina no plasma foi influenciado pela interação entre os tratamentos dietéticos e exercício físico (P < 0.05). As concentrações de adenosina trifosfato (ATP) e fosfocreatina no tecido muscular branco (WM) foram mais elevadas em peixes arraçoados com alto nível de carnitina dietética, mas só aqueles peixes exercitados (P < 0.05). Os peixes arraçoados com 190 g gordura e 1,000 mg carnitina obtiveram um nível elevado de potencial energético adenilado (AEC) e uma redução da concentração de amônia plasmática. A suplementação de carnitina dietética é importante para peixes criados em sistemas intensivos e em fase inicial de crescimento, uma situação típica que o consumo de gordura é elevado. A utilização de dietas ricas em carnitina poderá evitar que o animal vivencie uma redução brusca das reservas energéticas, durante períodos de atividade física exaustiva, um estresse fisiológico relativamente comum no habitat natural e em sistemas de aqüicultura intensiva.

Keywords : metabolismo de lipídeo; bagre-africano; estresse; dinâmica nutricional; carnitina.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English