SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 issue5Vegetative growth and yield of strawberry under irrigation and soil mulches for different cultivation environmentsEfficiency of aquatic macrophytes to treat Nile tilapia pond effluents author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Scientia Agricola

Print version ISSN 0103-9016

Abstract

MIRAGLIOTTA, Miwa Yamamoto; NAAS, Irenilza de Alencar; MANZIONE, Rodrigo Lilla  and  NASCIMENTO, Fernando Ferraz do. Análise espacial de condições de estresse em galpão de frango de corte usando ventilação tipo túnel. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 2006, vol.63, n.5, pp. 426-432. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90162006000500002.

A tipologia de edificações para abrigo de frangos de corte associada a características do local (clima, topografia e vegetação dos arredores) e os sistemas de manejo (densidade de aves, cortinas, equipamentos e nutrição) influencia as condições internas. A distribuição espacial destas variáveis pode indicar zona de estresse dentro do galpão. O objetivo da pesquisa foi aplicar a análise espacial das condições do ambiente térmico, aéreo e acústico dentro de galpão de produção de frango de corte, usando sistema de ventilação tipo túnel e densidade de 18 aves m-2. O estudo foi conduzido em Rio Claro, SP, em uma edificação com 12 m × 115 m, dividida em três setores (leste, centro e oeste), orientada leste-oeste, contendo virtualmente 132 células, cada uma medindo 3,0 m × 3,5 m. No centro geométrico de cada célula as seguintes variáveis foram medidas instantaneamente: temperatura de bulbo seco, umidade relativa, velocidade do ar, nível de ruído e intensidade de luz. Os dados foram coletados sistematicamente a partir do lado oeste para o lado leste, em direção oposta ao fluxo de ar produzido pela ventilação tipo túnel, no período mais crítico do dia. As medidas foram tomadas quando as aves estavam na sexta semana de produção. A mortalidade média dos frangos foi registrada nos três setores. A ferramenta geostatística foi usada para construir mapas de distribuição espacial das variáveis resultantes de maneira a possibilitar a inferência de posições intermediárias. Concluiu-se que as zonas de estresse estão localizadas nos extremos do galpão e o maior índice de mortalidade foi encontrado no setor oeste, onde estavam os exaustores.

Keywords : produção de frango; ambiente; geostatística; estresse térmico; distribuição espacial.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English