SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 número4Concentrações de fenóis totais nas folhas do cafeeiro durante desenvolvimento dos frutosArmazenamento em baixa temperatura de hastes porta-borbulhas de citros tratadas com ANA, GA3 e 2,4-D índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Scientia Agricola

versão On-line ISSN 1678-992X

Resumo

FINGER, Fernando Luiz; DELLA-JUSTINA, Maria Edith; CASALI, Vicente Wagner Dias  e  PUIATTI, Mário. Temperatura e atmosfera modificada influenciam a qualidade do quiabo. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 2008, vol.65, n.4, pp.360-364. ISSN 1678-992X.  https://doi.org/10.1590/S0103-90162008000400006.

Para o armazenamento do quiabo (Albelmoschus esculentus) há poucas informações disponíveis sobre a influência da temperatura e filmes plásticos na conservação pós-colheita desta hortaliça. Para investigar a influência da temperatura e do filme de PVC na qualidade e desenvolvimento de sintomas de injúria por frio de uma das mais populares cultivares brasileira de quiabo cv. Amarelinho, os frutos foram armazenados a 5, 10 e 25ºC. Os frutos foram colhidos no estádio de maturação comercial, com comprimento entre 8 e 12 cm, sendo então envoltos por uma camada de filme de PVC em bandeja de poliestireno expandido, seguido do armazenamento até o aparecimento de sintomas de deterioração ou murcha. A redução da temperatura de armazenamento de 25 para 10 ou 5ºC diminuiu a perda de massa nos frutos envoltos com PVC e dos frutos controle, com menor taxa a 5ºC. Ao reduzir a temperatura para 5 ou 10ºC e cobrir com filme de PVC, o conteúdo relativo de água foi mantido durante o armazenamento, porém a 25ºC a elevada perda de massa esteve associada a significante redução do conteúdo de água do pericarpo do fruto. O aparecimento de sintomas de injúria por frio foi retardado pela presença de filme de PVC nos frutos armazenados a 5ºC. No entanto a 10ºC, não foram detectados sintomas de degeneração associados à injúria por frio nos frutos envoltos com PVC ou controle até o décimo dia de armazenamento. A taxa de degradação de clorofila durante o armazenamento foi menor nos frutos mantidos nas temperaturas mais baixas e com filme PVC. O aparecimento de sintomas severos de injúria por frio a 5ºC relacionou-se com o menor conteúdo de clorofila dos frutos controle, quando comparado àqueles envoltos em filme de PVC.

Palavras-chave : Albelmoschus esculentus; injúria por frio; filme de PVC; teor relativo de água; clorofila.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons