SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 issue6Components of the leaf area index of marandu palisadegrass swards subjected to strategies of intermittent stockingRuminal methane emission by dairy cattle in Southeast Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Scientia Agricola

On-line version ISSN 1678-992X

Abstract

GIACOMINI, Alessandra Aparecida et al. Crescimento do capim-marandu submetido à estratégias de lotação intermitente. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 2009, vol.66, n.6, pp.733-741. ISSN 1678-992X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90162009000600003.

Estratégias de pastejo alteram a área foliar dos pastos, interferindo em seus padrões de crescimento e afetando o acúmulo e a utilização de forragem. O objetivo desse experimento foi avaliar o crescimento de pastos de capim-marandu (Brachiaria brizantha cv. Marandu) submetidos a estratégias de lotação intermitente. O experimento foi realizado em Piracicaba, SP, Brasil, de Outubro/2004 a Setembro/2005. Os pastejos foram realizados quando o dossel atingia 95 ou 100% de interceptação luminosa (IL) até as alturas pós-pastejo de 10 e 15 cm, seguindo um arranjo fatorial 2 × 2 com 4 repetições e um delineamento de blocos completos casualizados. Avaliaram-se a taxa de crescimento da cultura, a taxa de crescimento relativo, a taxa de assimilação líquida, a razão de área foliar e a razão de peso foliar. No início e final de primavera a maior taxa de crescimento da cultura foi registrada para o tratamento 95/15 (11.2 e 10.1 g m-2 dia-1, respectivamente), associada a altos valores de taxa de assimilação líquida (4.4 e 6.9 g m-2 dia-1, respectivamente), razão de área foliar (0.0095 e 0.0103 m-2 g-1, respectivamente) e razão de peso foliar (0.56 e 0.56 g g-1, respectivamente). Para compensar reduções em taxa de assimilação líquida a planta se ajustou morfológica e fisiologicamente aumentando a razão de área foliar e razão de peso foliar. A taxa de crescimento relativo e a taxa de assimilação líquida foram, respectivamente, 26% e 50% superiores nos pastos manejados com 95% relativamente àqueles com 100% de IL. No início de primavera os tratamentos 100/10 e 95/15 resultaram na maior taxa de crescimento relativo (0.086 e 0.059 g m-2 dia-1, respectivamente). O tratamento 95/15 resultou no padrão mais favorável de crescimento (taxas de crescimento da cultura, crescimento relativo e assimilatória líquida), particularmente durante o período de transição entre inverno e primavera.

Keywords : Brachiaria brizantha; interceptação luminosa; manejo do pastejo; rebrotação.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License