SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número2Formação profissional de obstetrizes e enfermeiras obstétricas: velhos problemas ou novas possibilidades?Armadilhas da Nova Era: natureza e maternidade no ideário da humanização do parto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Estudos Feministas

versão impressa ISSN 0104-026Xversão On-line ISSN 1806-9584

Resumo

HOTIMSKY, Sonia Nussenzweig  e  ALVARENGA, Augusta Thereza de. A definição do acompanhante no parto: uma questão ideológica?. Rev. Estud. Fem. [online]. 2002, vol.10, n.2, pp.461-481. ISSN 1806-9584.  https://doi.org/10.1590/S0104-026X2002000200015.

Discursos médicos, jurídicos e sanitaristas reconhecem a importância que tem a presença do acompanhante no parto. Porém, a definição dessa personagem varia nos diversos discursos em pauta. Descrevemos padrões de acompanhamento na cena do parto em um serviço de saúde 'alternativo' com uma proposta de parto ambulatorial realizado fora do hospital, assistido por obstetrizes, discutindo sua relação com as diferentes formas de sociabilidade, inclusive de relações de gênero, existentes entre as mulheres e os homens de distintas origens sociais que freqüentavam esse serviço. Por fim, discutimos os limites impostos, sobretudo pela legislação estadual de São Paulo e pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, ao leque de 'opções' de acompanhante(s) elegidas pelas parturientes e aos membros de suas redes de relações.

Palavras-chave : acompanhantes no parto; família; relações de gênero.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons