SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número3La conciencia de la mestiza /towards a new consciousness: uma conversação inter-americana com Gloria Anzaldúa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Estudos Feministas

versão impressa ISSN 0104-026X

Resumo

AZEREDO, Sandra. Mestiçagem, igualdade e afirmação da diferença: pensando a política de cotas na universidade. Rev. Estud. Fem. [online]. 2005, vol.13, n.3, pp. 738-755. ISSN 0104-026X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2005000300017.

Escrito num momento em que no Brasil a mestiçagem estava na ordem do dia, pela relação que se estabelecia entre ela e a questão das cotas nas universidades para pessoas pobres, negras e indígenas, contida no anteprojeto de reforma universitária proposto pelo Ministério da Educação, este ensaio se inspirou no trabalho de Gloria Anzaldúa no sentido de contribuir para o debate sobre a introdução de cotas, através da discussão da noção de mestiçagem, analisando a fundamentação do anteprojeto formulada pelo então ministro da Educação, Tarso Genro, e por Boaventura de Sousa Santos e quatro textos publicados na época com posições contrárias à introdução de cotas. Tomando como base o conceito de consciência mestiça de Anzaldúa, o ensaio termina por argumentar que a reforma pressupõe uma reestruturação profunda da universidade, que está em crise justamente por seu caráter excludente ao longo de sua história.

Palavras-chave : mestiçagem; igualdade; ação afirmativa; consciência mestiça.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português