SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3A disforia de gênero como síndrome cultural norte-americanaCorpo infectado/corpus infectado: aids, narrativa e metáforas oportunistas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Estudos Feministas

versão impressa ISSN 0104-026Xversão On-line ISSN 1806-9584

Resumo

PILAO, Antonio Cerdeira. Quando o amor é o problema: feminismo e poliamor em debate. Rev. Estud. Fem. [online]. 2019, vol.27, n.3, e55097.  Epub 23-Set-2019. ISSN 1806-9584.  https://doi.org/10.1590/1806-9584-2019v27n355097.

Poliamor é um termo que designa a possibilidade de estabelecer múltiplas relações afetivas e sexuais de forma concomitante, consensual e igualitária. No presente artigo é analisado como esse modelo de conjugalidade foi apresentado, interpretado e debatido na internet por feministas e poliamoristas. O objetivo é investigar em que medida ele foi entendido como contraditório ou compatível com o feminismo. A pesquisa foi conduzida a partir da análise de três textos que apresentam problemas na aplicação do poliamor em um contexto de desigualdades de gênero, de raça e de classe social.

Palavras-chave : conjugalidade; sexualidade; feminismo; não monogamia; poliamor.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )