SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número3Crédito, capital fictício, fragilidade financeira e crises: discussões teóricas, origens e formas de enfrentamento da crise atualCompetitividade internacional e tecnologia: uma análise da estrutura das exportações brasileiras índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Economia e Sociedade

versão impressa ISSN 0104-0618

Resumo

AMADO, Adriana Moreira  e  CARUSO, Paulo Rodrigo de Santana e. Liberalização, vulnerabilidade financeira e instabilidade: algumas considerações sobre a economia brasileira. Econ. soc. [online]. 2011, vol.20, n.3, pp. 475-499. ISSN 0104-0618.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-06182011000300002.

O artigo analisa a economia brasileira e sua vulnerabilidade externa (no período recente) a partir do referencial teórico de Minsky (1982, 1982b e 1986).Observa-se a tendência recorrente de ampliação da vulnerabilidade e o movimento cíclico dessa tendência não associada a regimes cambiais específicos, mas ampliada pela falta de controles cambiais. Nota-se, também, que o aprofundamento da vulnerabilidade externa da economia brasileira deve-se, sobretudo, ao comportamento da conta financeira, que compensou, com sobras, os resultados positivos obtidos pela balança comercial. Tais elementos conduzem a observação de uma tendência à ampliação da instabilidade nas esferas financeira e real dessa economia.

Palavras-chave : Liberalização; Vulnerabilidade externa; Fluxo de capitais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português