SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número especialDo risco à resiliência psicossocial: modelos conceituais e indicações de ação com as famíliasQue é o "ser da família"? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Texto & Contexto - Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-0707versão On-line ISSN 1980-265X

Resumo

BRINGIOTTI, María Inés. As famílias em "situação de risco" nos casos de violência familiar e mautrato infantil. Texto contexto - enferm. [online]. 2005, vol.14, n.spe, pp.78-85. ISSN 0104-0707.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072005000500010.

Este trabalho analisa as implicações do conceito "família" destacando a diversidade de fenômenos e situações que nele se incluem. Esta análise permitirá determinar os diversos tipos de família e de risco que podemos encontrar no nosso trabalho cotidiano. A evolução deste conceito está diretamente influenciada por fatores socioestruturais e culturais que contextualizam os sujeitos, assim como as possíveis situações de risco que devem enfrentar e os recursos que possuem. Serão analisadas a influência das representações de como deve ser uma família, muitas vezes baseadas em concepções subjetivos e não em fatos empíricos. Atualmente as famílias apresentam diferentes formas ou estruturas e isto não implica o cumprimento ou o não cumprimento de suas funções. Assim, será possível estabelecer adequadamente as diferentes estratégias de prevenção e abordagem. Utilizaremos exemplos de situações problemáticas relacionadas a casos de violência familiar e maltrato infantil, destacando a negligência e o abuso sexual infantil.

Palavras-chave : Família; Negligência; Risco.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons