SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue3"Does this never end?": investigating the universe of the breast cancer post-treatmentOral history of women with children with Down Syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Texto & Contexto - Enfermagem

Print version ISSN 0104-0707

Abstract

SCHAURICH, Diego  and  PADOIN, Stela Maris de Mello. Ser mulher cuidadora de criança com AIDS: compreensões existenciais à luz da filosofia de Buber. Texto contexto - enferm. [online]. 2008, vol.17, n.3, pp. 569-577. ISSN 0104-0707.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072008000300019.

Estudo qualitativo fenomenológico que buscou compreender o que é ser familiar cuidadora de uma criança com Aids, à luz do referencial filosófico de Martin Buber. As informantes foram sete mulheres, selecionadas de forma intencional junto ao hospital-escola de Porto Alegre - RS. A coleta das informações ocorreu entre setembro e outubro de 2006 por meio da entrevista fenomenológica e, para a interpretação, recorreu-se à filosofia hermenêutica. Emergiram cinco unidades de significação. Ser familiar de criança com Aids revela-se um fenômeno existencial complexo de mudanças, cuidados, diálogos e preocupações, na busca por um estar-melhor de ambos, no mundo. Compreende-se este cuidar como fenômeno também complexo, parte da existencialidade da mulher e da comunidade familiar. Ainda, considera-se a possibilidade de valorização da relação inter-humana entre o EU e o TU e do diálogo existencial para o cuidado humanístico.

Keywords : Enfermagem; Saúde da mulher; Síndrome da imunodeficiência adquirida; Família.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese