SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue2Developing nursing managerial competencies from the perspective of Nursing Administration professorsInterdisciplinary care practices: a promising way author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Texto & Contexto - Enfermagem

Print version ISSN 0104-0707

Abstract

SCHMIDT, Denise Rodrigues Costa; DANTAS, Rosana Aparecida Spadoti; MARZIALE, Maria Helena Palucci  and  LAUS, Ana Maria. Estresse ocupacional entre profissionais de enfermagem do bloco cirúrgico. Texto contexto - enferm. [online]. 2009, vol.18, n.2, pp. 330-337. ISSN 0104-0707.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072009000200017.

Estudo descritivo e correlacional, de corte transversal cujos objetivos foram avaliar a presença de estresse ocupacional entre os profissionais de enfermagem do bloco cirúrgico e possíveis associações entre o estresse ocupacional e as características profissionais. O modelo Demanda-Controle de Karasek foi utilizado para essa avaliação. A amostra foi constituída por 211 trabalhadores de enfermagem de 11 hospitais da cidade de Londrina-PR, os quais responderam a Job Stress Scale. A coleta de dados ocorreu no período de abril a novembro de 2007. A maioria dos participantes era de auxiliares de enfermagem (62,6%), do sexo feminino (86,7%), casados (54,0%), com idade média de 40 anos e com exposição intermediária ao estresse ocupacional (56,1%). As dimensões Demanda, Controle e Apoio Social obtiveram média de 14,8 (DP=2,4), 16,5 (DP=2,3) e 18,7 (DP=2,8), respectivamente. Demanda obteve associação estatisticamente significante com a categoria profissional (p=0,01), enquanto Controle apresentou-se estatisticamente significante com o tipo de instituição, categoria profissional e carga horária semanal (p<0,05).

Keywords : Estresse; Enfermagem; Centros de cirurgia.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese