SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue4Is it possible to produce health at nursing work?The visible and invisible wares of the physical examination for the custumer author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Texto & Contexto - Enfermagem

Print version ISSN 0104-0707

Abstract

LOPES, Daniela Biguetti Martins  and  PRACA, Neide de Souza. Incontinência urinária autorreferida no pós-parto. Texto contexto - enferm. [online]. 2010, vol.19, n.4, pp. 667-674. ISSN 0104-0707.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072010000400009.

Trata-se de um estudo epidemiológico, transversal, que entrevistou 288 mulheres com até seis meses de pós-parto, frequentadoras de um serviço de saúde do município de São Paulo. Teve como objetivo caracterizar a ocorrência de incontinência urinária autorreferida pela mulher no período pós-parto. Os resultados mostraram que, dentre as 71 mulheres autorreferidas como incontinentes, 20 (28%) relataram que a perda involuntária de urina interferia na sua vida diária; 38 (53,5%) eram primíparas; 277 mulheres (96%) não foram orientadas sobre o preparo do períneo na gestação ou no pós-parto. Verificou-se que, no pós-parto, as mulheres não informam sobre a ocorrência de incontinência urinária ao profissional de saúde, e aquelas que o fazem, não recebem tratamento. A gestação e o pós-parto são momentos importantes para a prevenção desta morbidade.

Keywords : Enfermagem obstétrica; Incontinência urinária; Saúde da mulher.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese