SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número4Vivir con tuberculosis en las prisiones: el desafío de alcanzar la curaSatisfacción de la población de edad avanzada asistida en la estrategia de salud familiar de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Texto & Contexto - Enfermagem

versión impresa ISSN 0104-0707

Resumen

AMORIM, Rosely Kalil de Freitas Castro Carrari de  y  SILVA, Maria Júlia Paes da. Comunicação não verbal efetiva/eficaz em sala de aula: percepção do docente de enfermagem. Texto contexto - enferm. [online]. 2014, vol.23, n.4, pp.862-870. ISSN 0104-0707.  https://doi.org/10.1590/0104-07072014001710013.

Com o objetivo de conhecer a percepção dos docentes de enfermagem sobre o que é a comunicação não verbal efetiva e eficaz em sala de aula, este estudo exploratório, descritivo, de campo e qualitativo foi realizado em três campi de uma universidade particular em São Paulo, com a filmagem de 11 docentes, que totalizou 220 minutos, e posterior entrevista, que também foi gravada. Como resultados, surgiram duas categorias: Visão de si próprio, com as subcategorias Surpresa sobre si mesmo, Reconhecendo-se positivamente, e Reconhecendo-se negativamente; e Comunicação não verbal adequada para docentes, com as subcategorias Dando feedback ao aluno, Complementando o verbal, e Não contradizendo o verbal. Concluímos que a maioria dos sinais não verbais emitidos pelos docentes foi percebida como adequada, sendo, porém, confirmada a necessidade de capacitação para identificar sinais não verbais em todas suas dimensões.

Palabras clave : Enfermagem; Comunicação em saúde; Comunicação não verbal; Ensino; Docentes.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Inglés | Portugués     · Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )