SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número1PROCESSO DE TERAPIA TRANSFUSIONAL EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: O CONHECIMENTO DO ENFERMEIRO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Texto & Contexto - Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-0707versão On-line ISSN 1980-265X

Resumo

SCAPIN, Soliane Quitolina; GREGORIO, Vitória Regina Petters; COLLACO, Vânia Sorgatto  e  KNOBEL, Roxana. INDUÇÃO DE PARTO EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO: MÉTODOS E DESFECHOS. Texto contexto - enferm. [online]. 2018, vol.27, n.1, e0710016.  Epub 01-Mar-2018. ISSN 0104-0707.  http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072018000710016.

Objetivo:

identificar as indicações de indução de trabalho de parto, as práticas utilizadas e os seus desfechos, em um Hospital Universitário do Sul do Brasil.

Método:

estudo transversal. A população-alvo deste estudo forem 137 mulheres que foram internadas para a indução de trabalho de parto no período de janeiro a outubro de 2014. A análise dos dados foi realizada por meio de análise estatística simples, exploratória, e teste não paramétrico, adotando nível de significância de p≤0,05.

Resultados:

a maioria (53%) das induções foi realizada por pós-datismo. Quanto aos métodos, destacou-se o uso do Misoprostol de 25mcg via vaginal em 46%, e também o uso do Misoprostol associado à Ocitocina em 28,4%. O Misoprostol foi mais associado a parto vaginal.

Conclusão:

a indução, caso seja utilizada da maneira correta, é uma importante estratégia para a redução dos altos índices de cesarianas.

Palavras-chave : Trabalho de parto induzido; Trabalho de parto; Ocitocina; Misoprostol.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )