SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28ONLINE HEALTH FORUM AS A SUPPORT FOR PEOPLE WHO PERFORM INTERMITTENT VESICAL CATHETERIZATIONMOBILE APP FOR NURSING PROCESS IN A NEONATAL INTENSIVE CARE UNIT author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Texto & Contexto - Enfermagem

Print version ISSN 0104-0707On-line version ISSN 1980-265X

Abstract

VECHIA, Akeisa Dieli Ribeiro Dalla et al. TENSÃO DO PAPEL DE CUIDADOR EM CUIDADORES INFORMAIS DE IDOSOS. Texto contexto - enferm. [online]. 2019, vol.28, e20180197.  Epub Oct 07, 2019. ISSN 0104-0707.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-265x-tce-2018-0197.

Objetivo:

analisar a frequência do diagnóstico de enfermagem “tensão do papel de cuidador” em cuidadores informais de idosos, as características definidoras e os fatores relacionados.

Método:

estudo transversal, descritivo, realizado com 99 cuidadores informais de idosos residentes nas áreas de abrangência de cinco unidades de Estratégia Saúde da Família de Cuiabá, Mato Grasso, Brasil. A coleta de dados ocorreu entre julho e setembro de 2017, por meio de entrevista em domicílio. Foi utilizado questionário elaborado a partir da literatura sobre diagnostico “tensão do papel de cuidador” estabelecido pela taxonomia II da NANDA-Internacional. Realizou análise descritiva com frequência relativa e absoluta.

Resultados:

a frequência do diagnóstico de enfermagem “tensão do papel de cuidador” encontrada nos cuidadores foi de 98,0%. As características definidoras mais frequentes foram: dificuldade em ver o receptor de cuidados com a enfermidade (69,1%); apreensão quanto à saúde futura do receptor de cuidados (66,0%); apreensão quanto ao bem-estar do receptor de cuidados, caso seja incapaz de oferecê-los (61,9%); apreensão quanto à capacidade futura para fornecer cuidados (60,8%); apreensão quanto à possível institucionalização do receptor de cuidados (55,7%); preocupação com a rotina de cuidados (55,7%) e isolamento social (51,5%). Os fatores relacionados mais frequentes encontrados foram: duração dos cuidados (92,8%); responsabilidades de cuidado 24 horas por dia (75,3%); dependência (77,3%) e alteração na função cognitiva (73,2%) do idoso; condições físicas (73,2%) e codependência do cuidador (61,9%).

Conclusão:

a frequência do diagnóstico de enfermagem “tensão do papel de cuidador” encontrada neste estudo é alta, suas características definidoras dizem respeito principalmente à apreensão que o cuidador tem com o idoso e os fatores relacionados se referem às demandas de cuidado prestado. O enfermeiro e demais profissionais da equipe de saúde devem estar atentos aos cuidadores tanto quanto aos idosos assistidos nas unidades de saúde, ajudando-os a superar as dificuldades envolvidas no desempenho do seu papel.

Keywords : Diagnóstico de enfermagem; Cuidadores; Cuidadores familiares; Idoso dependente; Enfermagem geriátrica.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )