SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número especialASSOCIAÇÃO DE PARES E PERCEPÇÃO DE DANOS E BENEFÍCIOS ASSOCIADOS AO USO DE MACONHA ENTRE ADOLESCENTES JAMAICANOSEXPLORANDO A PERCEPÇÃO DOS ADOLESCENTES SOBRE DANOS E BENEFÍCIOS ASSOCIADOS AO USO DE MACONHA EM TRINIDAD E TOBAGO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Texto & Contexto - Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-0707versão On-line ISSN 1980-265X

Resumo

DELGADO, Cristina Alexandra  e  BRANDS, Bruna. ATITUDES PARA COM AS PESSOAS COM USOS PROBLEMÁTICOS DE DROGAS CIDADE DE LOJA, EQUADOR. Texto contexto - enferm. [online]. 2019, vol.28, n.spe, e111.  Epub 15-Ago-2019. ISSN 1980-265X.  https://doi.org/10.1590/1980-265x-tce-cicad-11-11.

Objetivo:

analisar as atitudes para com as pessoas com usos problemáticos de drogas, na cidade de Loja, Equador.

Método:

estudo quantitativo, transversal, preliminar, que utiliza metodologia de questionário destinado à colheita de dados sobre as atitudes para com as pessoas com usos problemáticos de drogas, moradores na cidade de Loja, Equador. A amostra foi composta por 121 indivíduos. Esta pesquisa faz parte de uma investigação multicêntrica que envolve 10 universidades e 1 Conselho Nacional de Drogas na América Latina.

Resultados:

os resultados revelaram que as atitudes para com as pessoas com usos problemáticos de álcool são positivas, mas as atitudes para com as pessoas com usos problemáticos de outras drogas, como maconha e cocaína, são ambivalentes. Demonstra, também, que a ambivalência predomina de acordo com a maioria das variáveis sociodemográficas, diferindo no gênero masculino, pessoas na faixa etária de 18 a 29 anos, aquelas que moram com o companheiro, aquelas com nível superior de escolaridade - maior ao colegial - que têm uma atitude positiva perante pessoas com usos problemáticos de álcool, e a escala que apresenta maior dificuldade é a área de contato pessoal com atitudes negativas em relação aos usuários de maconha e cocaína.

Conclusão:

é vital continuar pesquisando o estigma, a distância social e as atitudes em relação às pessoas que usam drogas no contexto equatoriano, seu impacto no tratamento e na integração social, e as estratégias de informação mais apropriadas para evitar o estigma.

Palavras-chave : Conhecimento; Atitude frente à saúde; Drogas ilícitas; Alcoolismo; Uso da Maconha; Cocaína.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês | Espanhol     · Inglês ( pdf ) | Espanhol ( pdf )