SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29INTERVENÇÃO EDUCATIVA COM IDOSOS SOBRE HIV/AIDS: UM ESTUDO QUASE EXPERIMENTALRELAÇÃO DA ANSIEDADE E DA DEPRESSÃO PRÉ-OPERATÓRIA COM A DOR PÓS-OPERATÓRIA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Texto & Contexto - Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-0707versão On-line ISSN 1980-265X

Resumo

GONCALO, Sumaya dos Santos et al. QUALIDADE DE VIDA RELACIONADA À SAÚDE DE PACIENTES COM MARCA-PASSO CARDÍACO DEFINITIVO. Texto contexto - enferm. [online]. 2020, vol.29, e20180486.  Epub 17-Fev-2020. ISSN 0104-0707.  https://doi.org/10.1590/1980-265x-tce-2018-0486.

Objetivo:

avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes com marca-passo cardíaco definitivo.

Método:

estudo observacional descritivo, transversal, realizado no ambulatório de arritmia de um hospital universitário do interior paulista. Amostra consecutiva e não probabilística foi constituída de pacientes de ambos os sexos, maiores de 18 anos, com marca-passo há pelo menos um mês. Foram excluídos os que não apresentaram condições cognitivas para responder aos questionários, como também aqueles que apresentaram dispneia, fraqueza e fadiga no momento da aplicação dos instrumentos e com cardioversor desfibrilador implantável. Para a avaliação da qualidade de vida relacionada à saúde, utilizou-se o instrumento genérico Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey, composto por 36 questões distribuídas em oito domínios, e o instrumento específico Assessment of Quality of Life and Related Events, composto por 20 questões distribuídas em três domínios.

Resultados:

participaram 88 pacientes, a maioria do sexo masculino e com companheiro, com a média de idade de 64,3 (±13). Os domínios que apresentaram maiores médias, assim como melhores avaliações, foram Aspectos Sociais (78,1; ±26,8) e Saúde Mental (68,2; ±23,9), e as menores foram em Aspectos Físicos (48,2; ±41,4) e Capacidade Funcional (58,5; ±27,9), referentes ao Medical Outcomes Study 36. Quanto ao Assessment of Quality of Life and Related Events, o domínio de maior média e melhor qualidade de vida foi Arritmia (78,2; ±20,7), e o de menor, Dispneia (71,1; ±26,8).

Conclusão:

os pacientes apresentaram melhores avaliações da qualidade de vida relacionada à saúde nos domínios mentais e piores nos domínios físicos.

Palavras-chave : Marca-passo artificial; Qualidade de vida; Enfermagem; Cuidados pós-operatórios; Arritmias cardíacas.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )