SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue2Sharing the death process with the family: a nurse's experience in the pediatric ICUVisually impaired teenagers: perceptions on sexuality author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

XELEGATI, Rosicler; ROBAZZI, Maria Lúcia do Carmo Cruz; MARZIALE, Maria Helena Palucci  and  HAAS, Vanderlei José. Riscos ocupacionais químicos identificados por enfermeiros que trabalham em ambiente hospitalar. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2006, vol.14, n.2, pp. 214-219. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692006000200010.

Os trabalhadores de enfermagem hospitalares submetem-se aos riscos ocupacionais químicos. Este estudo quantitativo objetivou identificar entre enfermeiros com quais substâncias químicas eles têm contato ocupacional, quais as que podem causar problemas à sua saúde e que alterações condizem com as que podem ser ocasionadas por produtos químicos. Um instrumento de coleta de dados auto-administrado foi respondido por 53 enfermeiros que mencionaram estar expostos principalmente aos antibióticos e benzina (100%), iodo (98,1%) e látex-talco (88,7%); as principais substâncias causadoras de problemas de saúde citadas foram antineoplásicos (86,7%), glutaraldeído (79,2%) e óxido de etileno (75,5%); as alterações à saúde que descreveram foram: lacrimejamento; reações alérgicas; náuseas e vômitos, não mencionando outros problemas de saúde que podem ser ocasionados pelos produtos citados. Estes trabalhadores necessitam adquirir maior conhecimento quanto aos riscos ocupacionais químicos, que poderiam ter recebido na graduação / ou nos cursos de educação continuada.

Keywords : riscos ocupacionais; fatores de risco; saúde ocupacional; compostos químicos.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese