SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue6Trends of knowledge production in health education in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Latino-Americana de Enfermagem

On-line version ISSN 1518-8345

Abstract

DINIZ, Normélia Maria Freire; SANTOS, Maria de Fátima de Souza  and  LOPES, Regina Lúcia Mendonça. Representações sociais da família e violência. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2007, vol.15, n.6, pp.1184-1189. ISSN 1518-8345.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692007000600020.

A idéia de família remete a relações de proteção. Em geral, a família pensada e idealizada denota hegemonia. No Brasil, seria mais apropriado naturalizar a idéia de famílias, considerando a multiplicidade étnico-cultural. No entanto, é nesse refúgio que envolve as relações entre adultos, jovens e crianças, que a violência familiar ocorre, ganhando tal fenômeno relevância. Este artigo de revisão objetiva discutir a relação entre representações sociais de família e de violência no espaço das relações familiares a partir de estudos realizados com grupos sociais diversos. Tomou-se como base tese e dissertações da Universidade Federal de Pernambuco e da Universidade Federal da Bahia. A leitura integral dos estudos foi acompanhada por uma ficha de registro. Os resultados apontaram a família como valor moral que dificulta o rompimento das relações de violência. Os paradigmas existentes nas áreas sociais e de saúde não respondem a consideração de fenômeno da violência familiar.

Keywords : família; relações familiares; violência.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Spanish ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License