SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2Spirituality in self-care for intensive care nursing professionalsCultural adaptation and validation of the "Diabetes Quality of Life for Youths" measure of Ingersoll and Marrero into Brazilian culture author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

SOUSA, Cleber Ricardo de et al. Preditores da demanda de trabalho de enfermagem para idosos internados em unidade de terapia intensiva. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2008, vol.16, n.2, pp. 218-223. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692008000200008.

A idade dos pacientes é fator controverso na internação em UTIs. Foi objetivo deste estudo comparar a gravidade e a demanda de trabalho de enfermagem entre idosos, de diferentes faixas etárias, na UTI, e identificar os preditores da alta carga de trabalho de enfermagem para essa população. Realizou-se estudo transversal em três UTIs de hospitais do município de São Paulo, com amostra de 71 idosos, admitidos entre outubro e novembro de 2004. Os dados foram coletados prospectivamente utilizando-se o Nursing Activities Score (NAS) e o Simplified Acute Physiology Score II (SAPS II). Não houve diferença na demanda de trabalho de enfermagem para idosos de diferentes faixas etárias e os fatores associados à alta carga de trabalho foram a gravidade, a idade e o tipo de internação. A idade, como fator isolado, não deve ser discriminante para a admissão de idosos em UTI.

Keywords : unidades de terapia intensiva; idoso; carga de trabalho; enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · pdf in English | Spanish | Portuguese