SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue6Severity of trauma victims admitted in intensive care units: comparative study among different indexesThe nurses of the Brazilian expeditionary force and the dissemination of their return home author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Latino-Americana de Enfermagem

On-line version ISSN 1518-8345

Abstract

FABRICIO-WEHBE, Suzele Cristina Coelho et al. Adaptação cultural e validade da Edmonton Frail Scale - EFS em uma amostra de idosos brasileiros. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2009, vol.17, n.6, pp.1043-1049. ISSN 1518-8345.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692009000600018.

O objetivo deste estudo foi avaliar a adaptação cultural da Edmonton Frail Scale (EFS) e sua validade em uma amostra de idosos brasileiros. Foram realizadas as etapas de tradução e retrotradução, discussão com profissionais e idosos para equivalência conceitual, validação semântica e pré-teste da escala. O instrumento foi aplicado em 137 idosos, com 65 anos ou mais de idade, que viviam na comunidade. Na validação de grupos conhecidos, do diagnóstico de fragilidade entre sexo, idade e déficit cognitivo, idosos com idade mais avançada, sexo feminino e com déficit cognitivo tiveram maior pontuação no diagnóstico de fragilidade. Houve correlação convergente negativa da EFS com a Medida de Independência Funcional (MIF) (-0,53, p<0,01) e o escore bruto do Mini-Exame do Estado Mental (MEEM) (-0,60, p<0,01). O teste do relógio apresentou alta sensibilidade e baixa especificidade. A versão para língua portuguesa da EFS foi considerada válida na amostra estudada.

Keywords : idoso fragilizado; pesquisa metodológica em enfermagem; comparação transcultural; estudos de validação.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Spanish ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License