SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue6Cross-cultural adaptation and validity of the "Edmonton Frail Scale - EFS" in a Brazilian elderly sampleIntegrative review: behavioral interventions for physical activity practice author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

OLIVEIRA, Alexandre Barbosa de; SANTOS, Tânia Cristina Franco; BARREIRA, Ieda de Alencar  and  ALMEIDA FILHO, Antonio José de. As enfermeiras da força expedicionária brasileira e a divulgação de seu retorno ao lar. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2009, vol.17, n.6, pp. 1050-1056. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692009000600019.

Este é um estudo histórico-social, cujo objetivo foi analisar os elementos simbólicos que expressam a divisão hierarquizante entre o masculino e o feminino, contidos em reportagens jornalísticas, publicadas sobre o retorno ao lar de enfermeiras que atuaram junto ao Serviço de Saúde da Força Expedicionária Brasileira, e discutir os efeitos simbólicos advindos dessas reportagens. As fontes históricas do estudo, constituídas por documentos fotográficos, escritos e orais, foram classificadas e analisadas à luz da Teoria do Mundo Social de Pierre Bourdieu e dos estudos de Michelle Perrot sobre a História das Mulheres. A pesquisa revelou que o modo em que foram veiculadas as reportagens jornalísticas, sobre a chegada dessas enfermeiras ao Brasil, representou a reprodução de estratégia simbólica no sentido de fazer valer os interesses político-sociais da época, e que trazia em seu bojo as ideias sobre a divisão hierarquizante do mundo social em masculino e feminino.

Keywords : história da enfermagem; enfermagem militar; II guerra mundial.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · pdf in English | Spanish | Portuguese