SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue4Prevalence of Anemia in Children Three to 12 Months Old in a Health Service in Ribeirão Preto, SP, BrazilFactors Associated with Smoking in Pregnancy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

CASTRO, Sueli Aparecida de; FUREGATO, Antonia Regina Ferreira  and  SANTOS, Jair Licio Ferreira. Características sociodemográficas e clínicas em reinternações psiquiátricas. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2010, vol.18, n.4, pp. 800-808. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692010000400020.

Portadores de transtorno mental discriminados, famílias sem apoio e orientação sobre a doença e tratamentos e profissionais despreparados são alguns dos fatores que podem contribuir para as reinternações. O objetivo deste estudo foi identificar as variáveis sociodemográficas, as condições clínicas, o diagnóstico médico e tratamento, buscando sua relação com as reinternações psiquiátricas. A metodologia usada aqui foi exploratório-descritiva. Utilizou-se roteiro para levantamento dos dados nos prontuários, de 2006 e 2007, num hospital psiquiátrico regional. Foram encontradas 681 reinternações, a maioria por abandono de tratamento. O tempo de permanência na internação é maior nas mulheres de 40 a 49 anos. Este estudo mostrou, também, associações positivas dos dados sociodemográficos com internações anteriores, tipo de alta, estado físico e mental, os quais estão de acordo com outros dados da literatura. Conclui-se que há associações das reinternações com indicadores sociodemográficos e clínicos que podem direcionar o cuidado e políticas públicas na saúde mental.

Keywords : Hospitalização; Psiquiatria; Enfermagem Psiquiátrica; Saúde Mental.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · pdf in English | Spanish | Portuguese