SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número1The Pain Disability Questionnaire: um estudo de confiabilidade e validadeAssociação dos fatores sociodemográficos e clínicos à qualidade de vida dos estomizados índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Latino-Americana de Enfermagem

versão On-line ISSN 1518-8345

Resumo

COURA, Alexsandro Silva et al. Incapacidade funcional e associações com aspectos sociodemográficos em adultos com lesão medular. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2012, vol.20, n.1, pp.84-92. ISSN 1518-8345.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692012000100012.

Objetivou-se investigar o grau de incapacidade funcional de adultos com lesão medular e a sua associação com as características sociodemográficas. Utilizaram-se o índice de Barthel e um questionário com variáveis sociodemográficas. Participaram 75 sujeitos. Efetuaram-se os teste qui-quadrado, Cronbach e Fisher. A média de idade foi de 43,23 anos. O alfa de Cronbach para o índice de Barthel foi de 0,807. As atividades nas quais se verificou maior dificuldade de realização foram subir e descer escadas (92%) e deambular (82,7%). O escore médio do índice de Barthel foi de 64 pontos. Os testes de associação apresentaram valores de p>0,05. Apesar de a população apresentar grau leve de dependência e não se identificar associação entre as variáveis sociodemográficas e a incapacidade funcional, considera-se que o estudo contribui para a assistência de enfermagem, por possibilitar reflexões na busca de se amenizar algumas limitações que a lesão medular impõe ao autocuidado.

Palavras-chave : Pessoas com Deficiência; Traumatismos da Medula Espinhal; Fatores Socioeconômicos; Atividades cotidianas; Enfermagem.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês | Espanhol     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf ) | Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons