SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número1A enfermagem no processo de acreditação hospitalar: atuação e implicações no cotidiano de trabalhoQualidade de vida e sintomas depressivos entre cuidadores e dependentes de drogas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-1169

Resumo

UMANN, Juliane; GUIDO, Laura de Azevedo  e  GRAZZIANO, Eliane da Silva. Presenteísmo em enfermeiros hospitalares. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2012, vol.20, n.1, pp. 159-166. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692012000100021.

Este é um estudo quantitativo, descritivo e transversal com o objetivo de determinar a produtividade estimada das limitações no trabalho, relacionadas à saúde, em 129 enfermeiros atuantes na assistência direta a pacientes críticos e potencialmente críticos. Utilizou-se instrumento para caracterização sociodemográfica e funcional e para a avaliação do presenteísmo (questionário de limitações no trabalho). Procedeu-se à análise estatística dos dados com o software Statistical Package for the Social Sciences. Neste estudo, 75% dos enfermeiros obtiveram índice de produtividade perdida de até 4,84%. A demanda física foi o domínio que representou maior limitação para esses profissionais (25%). O presenteísmo correlacionou-se diretamente à realização de tratamento de saúde, ocorrência e número de faltas, e indiretamente ao tempo de trabalho na unidade. Conclui-se que existe influência de fatores organizacionais ou individuais na produtividade do indivíduo, frente às circunstâncias que envolvem a assistência ao paciente crítico e potencialmente crítico.

Palavras-chave : Enfermagem; Saúde do Trabalhador; Condições de Trabalho; Estresse Psicológico.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês | Espanhol     · pdf em Português | Inglês | Espanhol