SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 suppl.1Health pact and the municipal health fund of Várzea PaulistaCerest performance in the actions of occupational health surveillance in the sugarcane industry author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Saúde e Sociedade

Print version ISSN 0104-1290On-line version ISSN 1984-0470

Abstract

ARONA, Elizaete da Costa. Implantação do matriciamento nos serviços de saúde de Capivari. Saude soc. [online]. 2009, vol.18, suppl.1, pp.26-36. ISSN 0104-1290.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902009000500005.

Capivari é um município de pequeno porte, localizado a 140 km da capital paulista, com população estimada em 43.779 habitantes (IBGE, 2007). A rede de Atenção Básica é composta por duas UBS, três ESF e uma Unidade Mista. O Matriciamento teve seu início em agosto de 2007, envolvendo quatro unidades de saúde com participação de duas especialidades: a Psicologia e a Fonoaudiologia. Posteriormente, com a ampliação da equipe de especialistas, passou a contar com toda a rede de Saúde Mental (Psicologia, Terapia Ocupacional, Caps II e Caps Ad), Serviço Social, Farmácia, Ambulatório de DST/Aids, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, Educação Física e Odontologia. O objetivo da proposta foi implantar na Atenção Básica um projeto de intervenção na gestão local sob o olhar do gestor municipal, buscando garantir às equipes das UBS maior apoio quanto à responsabilização do processo de assistência, garantindo a integralidade da atenção em todo sistema de saúde, procurando implementar mudanças de programas e ações que descentralizassem o acesso à especialidade, bem como disponibilizar recursos e equipamentos para viabilizar a proposta. As etapas de implantação foram: reuniões com as equipes envolvidas; aquisição de dois automóveis; contratação de novos profissionais, ampliação das especialidades envolvidas e capacitação das equipes. Como resultado foram observados o alargamento da participação de diferentes especialistas na Atenção Básica; a ampliação da resolubilidade das equipes; a definição do fluxo de encaminhamento; a abertura de um canal de comunicação interprofissional e o estabelecimento de um espaço de cogestão.

Keywords : Saúde pública; Promoção de Saúde; Cogestão; Matriciamento; Atenção Básica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License