SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número1O Impacto das Resinas na Economia: Principais Indicadores EconômicosAplicação de um Modelo Reológico Não-Linear em Sistemas Poliméricos Dilatantes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Polímeros

versão impressa ISSN 0104-1428versão On-line ISSN 1678-5169

Resumo

MANCINI, Sandro D.  e  ZANIN, Maria. Influência de Meios Reacionais na Hidrólise de PET Pós-Consumo. Polímeros [online]. 2002, vol.12, n.1, pp.34-40. ISSN 1678-5169.  https://doi.org/10.1590/S0104-14282002000100010.

A despolimerização de poli (tereftalato de etileno) ¾ PET - em água pura e em soluções aquosas 7,5M de ácido acético, ácido sulfúrico, acetato de sódio e hidróxido de sódio foi testada a 100oC e pressão atmosférica, com o objetivo de obter ácido tereftálico. Foram ainda quantificadas diferenças relativas à influência do tamanho de partícula na velocidade da reação. Água pura e soluções de ácido acético e acetato de sódio praticamente não degradaram o PET em cinco dias de reação, enquanto a solução de ácido sulfúrico permitiu 80% de despolimerização no período. A reação com solução de hidróxido de sódio foi considerada a melhor, pois despolimerizou 95% do PET de granulometria maior (entre 2mm e 1,199mm) em 7 horas e 98% do PET de granulometria menor (inferior a 1,19mm) em 5 horas. Desta última reação o ácido tereftálico foi obtido, purificado e submetido a ensaios de caracterização, cujos resultados foram semelhantes aos do ácido tereftálico petroquímico (pureza superior a 99%).

Palavras-chave : Hidrólise de PET; hidróxido de sódio; ácido tereftálico; despolimerização; reciclagem química.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons