SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Influência do desempenho térmico de moldes fabricados com compósito epóxi/alumínio nas propriedades de pp moldado por injeção índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Polímeros

versão impressa ISSN 0104-1428versão On-line ISSN 1678-5169

Resumo

COELHO, Nadjane S.; ALMEIDA, Yêda M. B.  e  VINHAS, Glória M.. A biodegradabilidade da blenda de poli(β-Hidroxibutirato-co-Valerato)/amido anfótero na presença de microrganismos. Polímeros [online]. 2008, vol.18, n.3, pp.270-276. ISSN 0104-1428.  https://doi.org/10.1590/S0104-14282008000300014.

O crescimento do consumo de plásticos vem gerando grandes problemas ambientais, pois um polímero, uma vez descartado no ambiente, necessita de mais de cem anos para se degradar. O plástico ideal deve apresentar propriedades industriais desejáveis e, ao mesmo tempo ser degradável num período considerado satisfatório. Busca-se desenvolver plásticos com boas propriedades para embalagens e que possam ser biodegradados quando descartados ao ambiente. Neste trabalho avaliamos a biodegradação da blenda do copolímero poli(β-hidroxibutirato-co-valerato), PHB-HV, que é um termoplástico natural, biodegradável e biocompatível, e do amido anfótero, na proporção de 75 e 25% m/m, respectivamente. Os resultados foram obtidos através do teste de Sturm, uma metodologia para a avaliação da biodegradação na presença de uma cultura mista dos fungos Phanerochaete chrysosporium e Talaromyces wortmannii. Os resultados evidenciam a biodegradação da blenda em função do tempo, de acordo com os resultados do teste de Sturm, com o aparecimento de grupos carboxílicos terminais. Foi detectado também o aparecimento de nova simetria cristalina na estrutura polimérica.

Palavras-chave : PHB-HV; biodegradação; microrganismos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons