SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número2Synthesis of poly lactic acid and poly ricinoleate using microwave heating and their use in the production of polyurethane thermoplasticObtenção de nanocompósito de EVA/sílica e caracterização por ressonância magnética nuclear no estado sólido índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Polímeros

versão impressa ISSN 0104-1428

Resumo

ROSARIO, Francisco et al. Resíduos de sisal como reforço em compósitos de polipropileno virgem e reciclado. Polímeros [online]. 2011, vol.21, n.2, pp.90-97.  Epub 29-Abr-2011. ISSN 0104-1428.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-14282011005000021.

Foram estudadas as propriedades térmicas e mecânicas de compósitos de polipropileno, virgem e reciclado, reforçados com 30% em massa de fibras residuais de sisal, assim como o perfil de processamento e a morfologia da matriz polimérica. Para tanto, foram determinadas a resistência à tração, o módulo de Young, alongamento na ruptura, e energia de impacto. As amostras também foram caracterizadas por MEV, DMTA e TG. Para ambos os compósitos de polipropileno, virgem e reciclado, com a adição das fibras, o alongamento na ruptura mostrou uma queda significativa, enquanto que a resistência à tração não sofreu grandes variações. Houve um aumento significativo nos valores de tração na ruptura e de energia de impacto com a adição das fibras de sisal na matriz de polipropileno. As análises térmicas mostraram ligações secundárias, como as ligações polares, entre as fibras e a matriz, concordando com o comportamento mecânico dos compósitos. Constatou-se que a temperatura de transição vítrea não variou após a adição da fibra.

Palavras-chave : Sub-produto do sisal; extrusão; compatibilidade; propriedades mecânicas; propriedades térmicas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons