SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número6Polimerização RAFT em miniemulsãoAbsorção de água, solubilidade em água, propriedades mecânicas e morfológicas de compósitos de glúten de milho e poli(hidroxibutirato-co-valerato) (PHBV) reforçados com fibras de coco verde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Polímeros

versão impressa ISSN 0104-1428

Resumo

CARDOSO, Lenon et al. Implante de membranas de PLLA/Trietil-Citrato como alternativa no tratamento de feridas cutâneas. Polímeros [online]. 2013, vol.23, n.6, pp.798-806. ISSN 0104-1428.  https://doi.org/10.4322/polimeros.2013.058.

Polímeros sintéticos biorreabsorvíveis podem ser utilizados sob a forma de membranas para sustentar e guiar o crescimento celular, através do processo de reparação tecidual. Este trabalho avaliou membranas de poli(ácido lático), PLLA, com adição de 10% de trietil-citrato usadas como curativos de feridas cutâneas agudas em ratos Wistar. Inicialmente uma ferida de 2cm2 foi provocada na região dorsal de 24 animais. Estes foram divididos em 2 grupos: tratamento, nos quais as feridas foram recobertas pela membrana polimérica e controle, com feridas permanecendo cruentas. Os resultados obtidos em 1, 3, 7 e 15 dias mostraram uma resposta inflamatória mais satisfatória nas feridas protegidas pelas membranas, com reparação precoce e colágeno mais organizado quando comparadas com as áreas incialmente mantidas sem proteção. Além do que, as áreas protegidas pelas membranas não mostraram alterações inflamatórias irritativas que pudessem ser imputadas ao uso da membrana polimérica. Diante disso, conclui-se que a membrana de PLLA/Trietil-citrato protegeu efetivamente as feridas, permitindo o processo de reparação e mostrando-se promissora como curativo cutâneo.

Palavras-chave : PLLA/Trietil-citrato; reparação tecidual; curativo cutâneo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons