SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número6Characterization of clay filled poly (butylene terephthalate) nanocomposites prepared by solution blendingIncorporação de fonte de nitrogênio em partículas de PVA e alginato de sódio e estudo da influência de ciclos de congelamento/descongelamento na caracterização do produto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Polímeros

versão impressa ISSN 0104-1428versão On-line ISSN 1678-5169

Resumo

ALVES, Layla Talita de Oliveira et al. Síntese e caracterização de MIP com fenilalanina visando sua aplicação na técnica de SPE. Polímeros [online]. 2015, vol.25, n.6, pp.596-605. ISSN 1678-5169.  https://doi.org/10.1590/0104-1428.2116.

Polímeros Molecularmente Impressos (MIPs) são polímeros sintéticos que apresentam alta seletividade a uma molécula de interesse. O objetivo deste trabalho foi a síntese e caracterização de MIPs para aplicação na extração em fase sólida (SPE), visando a determinação de fenilalanina. Os MIPs foram sintetizados a partir do MAA, fenilalanina, EGDMA, AIBN, em clorofórmio. Também foi sintetizado o polímero não-impresso (NIP), para controle da seletividade dos MIPs. A dessorção da fenilalanina foi realizada em extrator Soxhlet. Os MIPs e NIP foram caracterizados pelas técnicas de análise: FTIR, UV-Vis, MEV, DSC e TG. O MIP apresentou maior capacidade adsortiva à fenilalanina do que o NIP, com uma taxa média de adsorção de 55% comparada a 11% para o NIP. Por MEV o MIP apresentou superfície mais porosa, importante característica para aplicação em SPE. Os estudos realizados mostraram que o MIP sintetizado apresentou grande potencial para aplicação em técnica de SPE.

Palavras-chave : síntese e caracterização; MIP; fenilalanina; extração em fase sólida.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )