SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número especialAvaliação de sistemas pró-degradantes na degradação termooxidativa do PEADAplicação de nanotecnologia em embalagens de alimentos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Polímeros

versão impressa ISSN 0104-1428versão On-line ISSN 1678-5169

Resumo

KUPFER, Vicente Lira; JAERGER, Silvia  e  WYPYCH, Fernando. Nanocompósitos de poli(álcool vinílico) contendo materiais híbridos mimetizando o pigmento Azul Maya. Polímeros [online]. 2015, vol.25, n.spe, pp.77-88. ISSN 1678-5169.  https://doi.org/10.1590/0104-1428.2220.

De forma a mimetizar o pigmento Azul Maya, dois corantes azo (alaranjado de metila - AM e vermelho congo - VC) foram inseridos na estrutura porosa da paligorsquita. Os materiais híbridos foram caracterizados por difração de raios X, espectroscopia de energia dispersiva, microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia na região do ultravioleta-visível e análise superficial (área superficial por BET, tamanho e volume de poros por BJH). Após dispersar os materiais híbridos no poli(álcool vinílico), filmes coloridos e transparentes foram obtidos por casting úmido. Após acondicionamento em uma dessecador por uma semana a uma umidade controlada de 43 ± 2% os filmes foram avaliados em relação as suas propriedades mecânicas. De modo geral, o material PVA-PGS/AM teve um aumento no módulo de Young, tensão de ruptura e redução do alongamento enquanto que a paligorsquita bruta e PVA-PGS/VC apresentaram um comportamento oposto.

Palavras-chave : corante azo; materiais híbridos; propriedades mecânicas; paligorsquita; poli(álcool vinílico).

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )