SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número100A formação do professor no século XXI segundo uma abordagem da história da educação medievalViolências escolares: que aprendemos para a formação de professores? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

versão impressa ISSN 0104-4036versão On-line ISSN 1809-4465

Resumo

SOUZA, Donaldo Bello de  e  BATISTA, Neusa Chaves. Educação Comparada Brasil–Espanha: Estado da Arte 1990–2014. Ensaio: aval.pol.públ.Educ. [online]. 2018, vol.26, n.100, pp.723-758.  Epub 03-Maio-2018. ISSN 0104-4036.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362018002601046.

Em que pesem as múltiplas definições sobre o que é um Estado da Arte, é possível considerá-lo como um estudo de caráter bibliográfico, voltado para uma espécie de avaliação quantitativa e qualitativa sobre o conhecimento produzido em certo campo do conhecimento científico e acadêmico. Assim, o presente artigo visa à elaboração de um estudo do gênero sobre Educação Comparada Brasil–Espanha, cobrindo o período 1990–2014. Em termos metodológicos, examina as referências selecionadas a partir de cinco unidades de análise de comparações, a saber, entre: Políticas de Educação, Modos de Aprender, Tempos, Currículos e entre Organizações Educativas. Postula que os estudos enfocados exemplificam a multiplicidade de temáticas e enfoques teóricos e metodológicos que marcam o campo da Educação Comparada, não havendo consensos em relação aos movimentos de aproximação ou distanciamento entre as realidades e questões educacionais tomadas por alvo de estudo.

Palavras-chave : Educação comparada; Estado da arte; Métodos comparativos; Brasil-Espanha.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )