SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número102Modelos para a integração pedagógica de tecnologias de informação e comunicação: uma revisão da literatura.Professores: quem são, onde trabalham, quanto ganham índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

versão impressa ISSN 0104-4036versão On-line ISSN 1809-4465

Resumo

LIMA JUNIOR, Paulo; BISINOTO, Cynthia; MELO, Nilce Santos de  e  RABELO, Mauro. Taxas longitudinais de retenção e evasão: uma metodologia para estudo da trajetória dos estudantes na educação superior. Ensaio: aval.pol.públ.Educ. [online]. 2019, vol.27, n.102, pp.157-178. ISSN 0104-4036.  http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362018002701431.

Com a expansão do sistema federal de educação superior, a evasão e a retenção têm sido redescobertas pela pesquisa educacional. Neste artigo, avaliam-se criticamente as taxas empregadas pelo Ministério da Educação (MEC) e Tribunal de Contas da União (TCU) para controle e acompanhamento da trajetória dos alunos nas universidades brasileiras. Partindo dessa crítica, são propostos indicadores alternativos para quantificar a evasão e a retenção: a taxa longitudinal de evasão (TLE) e a taxa longitudinal de retenção (TLR). Esses indicadores foram testados com dados extraídos do registro acadêmico da Universidade de Brasília (UnB). Os resultados dessa instituição indicam, progressivamente, aumento da evasão e redução da retenção. Essas transformações podem estar relacionadas ao próprio processo de expansão do sistema educacional.

Palavras-chave : Evasão; Retenção; Educação superior.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )