SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 issue2Polyalveolosis: pathogenesis of congenital lobar emphysema?Trauma severity assessment in prehospital setting author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

DAUDT, A.W. et al. Opióides no manejo da dor - uso correto ou subestimado? Dados de um hospital universitário. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 1998, vol.44, n.2, pp. 106-110. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42301998000200007.

OBJETIVO: O uso de opióides, principalmente no tratamento da dor intensa aguda (pacientes no pós-operatório) e da dor crônica em pacientes oncológicos, tem sido subestimado na prática clínica em geral. Este trabalho tem o objetivo de verificar o perfil de prescrição de opióides (meperidina e morfina) no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS. MATERIAIS E MÉTODOS: Análise da conduta das equipes médicas, pela revisão de 1.107 prescrições, relativas a 445 pacientes internados no HCPA, entre 20 de maio e 20 de julho de 1993. Os parâmetros básicos de análise, para conduta, incluíam: padrão de uso, a dose do fármaco, intervalo entre doses e analgésicos simultâneos. DISCUSSÃO E RESULTADOS: Foram encontradas apenas 6,5% de prescrições consideradas adequadas em relação aos parâmetros dose, intervalo e padrão, analisados conjuntamente. O padrão se necessário foi responsável por 74% do total de prescrições. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos durante a realização do trabalho permitem-nos concluir que não há um manejo adequado da dor, tanto aguda como crônica, nos pacientes internados no HCPA.

Keywords : Dor; Opióides; Meperidina; Morfina.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese