SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue1Early diagnosis of childhood cancer: a team responsibility author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

CHOI, Humberto Kukhyun; THOME, Fernando Saldanha; ORLANDINI, Tobias  and  BARROS, Elvino. Hiperpigmentação cutânea em pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise infectados pelo vírus da hepatite C. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2003, vol.49, n.1, pp. 24-28. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302003000100029.

OBJETIVO: A hiperpigmentação cutânea é comumente encontrada em pacientes portadores de insuficiência renal crônica (IRC), sendo também uma das manifestações mais evidentes da Porfiria Cutânea Tarda (PCT). Essa doença, que tem sido relatada em pacientes em hemodiálise (HD), tem como um dos fatores precipitantes a infecção pelo vírus da hepatite C (HCV). Este estudo tem como objetivo avaliar a prevalência de hiperpigmentação cutânea difusa em pacientes com IRC infectados pelo HCV. MÉTODOS: Foi desenvolvido um estudo transversal com 47 pacientes (idade média de 50,35 ± 15,16 anos, 31 homens e 16 mulheres) que estavam realizando hemodiálise na Unidade de Diálise do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Os pacientes foram divididos em dois grupos: grupo 1, anti-HCV positivos (n=17), e grupo 2, anti-HCV negativos (n=30). RESULTADOS: A prevalência de pacientes com hiperpigmentação cutânea relacionada a HD foi de 36,2% (n=17). Havia 10 pacientes (58,8 %) no grupo 1 e sete pacientes (23,3%) no grupo 2 (Razão de Risco de 2,52 e Intervalo de Confiança de 95% de 1,18 a 5,4; p<0,05). Dos pacientes que realizavam HD por até 36 meses (n=24), seis eram anti-HCV positivos, sendo que três (50%) apresentavam hiperpigmentação (RR de 9,0; IC 95% de 1,1 a 71,0; p<0,05). Os indivíduos do grupo 2 que apresentaram hiperpigmentação realizaram HD por um período maior do que os pacientes que não referiram o sintoma (63,85 ± 11,9 meses vs. 29,3 ± 4,71meses; p=0,03). CONCLUSÕES: A infecção pelo HCV associou-se com o surgimento de hiperpigmentação cutânea em pacientes portadores de IRC tratados com HD. O tempo de tratamento também foi relacionado com esse sinal.

Keywords : Insuficiência renal crônica; Hemodiálise; Hiperpigmentação; Vírus da hepatite C; Porfirinas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese