SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.50 issue2Clinical diagnosis and anatomic-pathologic diagnosis: disagreementsPredictors of choledocholithiasis in patients sustaining gallstones author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

BLANES, Leila; DUARTE, Ivone da Silva; CALIL, José Augusto  and  FERREIRA, Lydia Masako. Avaliação clínica e epidemiológica das úlceras por pressão em pacientes internados no Hospital São Paulo. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2004, vol.50, n.2, pp. 182-187. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302004000200036.

OBJETIVO: Caracterizar o perfil dos pacientes internados no Hospital São Paulo, portadores de úlcera por pressão (UP). MÉTODOS: Estudo prospectivo, baseado na avaliação de todos os portadores de UP, internados no período de 1 a 31 de maio de 2002 neste hospital. Foi utilizado um questionário que contém dados demográficos, clínicos, classificação da UP e aplicação da Escala de Braden. Para a análise estatística foi utilizado o Teste do qui quadrado de Pearson, sendo considerado significante um p < 0,05. RESULTADOS: Dos 78 portadores de UP, 66,7% tinham idade acima de 61 anos, com média de idade igual a 64 anos. A média de tempo de internação foi de 33 dias. Foi observado que 68% da amostra desenvolveram a úlcera no hospital, sendo que 34 (43,7%) eram pré-úlceras. As causas mais freqüentes de hospitalização foram as neoplasias (29,5%) e as doenças neurológicas (29,5%). Na classificação das UP, todos os estágios foram encontrados na região sacral, sendo 19 (24,4%) pré-úlcera, 30 (38,5%) grau II, nove (11,5%) grau III e dez (12,8%) grau IV. De acordo com a Escala de Braden, metade dos pacientes internados possuía alto risco para formação de UP, enquanto 16 (20,5%) apresentaram risco moderado, 15 (19,3%) baixo risco e apenas 8 (10,2%) não eram de risco. CONCLUSÃO: Observou-se uma amostra com risco elevado de desenvolver UP, sendo necessário adotar medidas adequadas para preveni-las, principalmente durante o período de hospitalização.

Keywords : Úlcera de pressão; Caraterísticas da população; Hospitalização; Epidemiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese