SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.53 issue2Frequency of Gardnerella Vaginalis in vaginal smears of hysterectomized womenEffects of two types of diet on plasma lipids in rats submitted to splenic surgery author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

PRADO, Roberto Adelino de Almeida; AOKI, Tsutomu  and  ALDRIGHI, José Mendes. Peso do útero após ligadura no ramo ovariano do vaso uterino. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2007, vol.53, n.2, pp. 166-170. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302007000200024.

OBJETIVO: O presente estudo teve por objetivo principal avaliar se o bloqueio do fluxo sangüíneo aos ovários, proveniente dos vasos uterinos, pode alterar a função gonadal, resultando na diminuição da secreção de estrogênio e do peso do útero. MÉTODOS: Foi criado um modelo experimental no qual 30 ratas adultas e virgens da cepa Wistar foram incluídas. Após pesagem, os animais foram separados em dois grupos: o grupo ligadas, com 20 animais submetidos a laparotomia e ligadura dos ramos ováricos dos vasos uterinos, e o grupo controle, com dez ratas nas quais praticou-se apenas a laparotomia. Após 16 semanas, as ratas foram pesadas e submetidas à eutanásia, tendo seus úteros dissecados e pesados. Calculou-se o quociente entre o peso do útero e o peso do animal. RESULTADOS: Significância estatística não foi observada quando as médias dos pesos uterinos e dos índices entre o peso uterino e o peso dos animais foram comparadas entre os grupos. CONCLUSÃO: A interrupção da irrigação dos ovários, proveniente dos ramos ováricos dos vasos uterinos, não produziu alteração no peso dos úteros dos animais estudados.

Keywords : Ligadura tubária; Efeitos adversos; Distúrbios menstruais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese