SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.53 issue3Surgical treatment of giant emphysematous lung bullaeQuantitative calcaneal ultrasound evaluation allows distinguishing women with and without fractures author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

FARIA, Lucília Santana; ARNEIRO, Áurea Helena de Almeida  and  TROSTER, Eduardo Juan. Ventilação de alta freqüência em crianças e adolescentes com síndrome do desconforto respiratório agudo (impacto sobre o uso de ecmo). Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2007, vol.53, n.3, pp. 223-228. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302007000300019.

OBJETIVO: Avaliar o efeito da ventilação de alta freqüência (VAF) em crianças e adolescentes com síndrome do desconforto respiratório (SDRA) por meio de estimativas de sobrevida e tempo de ventilação. Verificar se a VAF reduziu a indicação de oxigenação de membrana extracorpórea (ECMO) em crianças e adolescentes com SDRA. MÉTODOS: A técnica empregada foi uma revisão sistemática da literatura médica sobre o uso de VAF e ECMO em crianças e adolescentes com SDRA. O levantamento bibliográfico utilizou os bancos de dados Medline, Lilacs e Embase. Os termos utilizados para pesquisa foram: adult respiratory distress syndrome, ARDS, acute respiratory distress syndrome, respiratory distress syndrome, extracorporeal membrane oxygenation, ECMO, high-frequency ventilation, high-frequency jet ventilation e high-frequency oscillatory ventilation. Foram procurados ensaios clínicos controlados e randomizados, estudos de coorte e série de casos que comparavam VAF com ventilação mecânica convencional (VMC), ECMO com VMC ou VAF precedendo o uso de ECMO. RESULTADOS: Foram identificadas 289 publicações relacionadas a VAF, SDRA e ECMO. Destas, apenas nove atendiam aos critérios de seleção pré-estabelecidos referindo-se a utilização de VAF e/ou ECMO em crianças e adolescentes com SDRA. CONCLUSÃO: Não foi possível confirmar se o uso de VAF melhora a sobrevida de crianças e adolescentes com SDRA. Quanto ao tempo de ventilação, não houve estudo que comprovasse, com significância estatística, a sua redução ou aumento. Não foi possível verificar se VAF diminui ou não a indicação de ECMO em crianças e adolescentes com SDRA.

Keywords : Ventilação de alta freqüência; Oxigenação de membrana extracorpórea; Síndrome do desconforto respiratório agudo; Crianças; Adolescentes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese