SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.53 issue3Evaluation of the usefulness of assessing pulmonary aspiration in a gastroesophageal reflux scintigraphy studyFine needle aspiration in salivary gland tumors: specificity and sensitivity author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

GOMES, Regina Célia Teixeira et al. Perfil de glicosaminoglicanos sulfatados no útero de camundongas durante o ciclo estral. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2007, vol.53, n.3, pp. 261-266. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302007000300026.

OBJETIVOS: Quantificar glicosaminoglicanos sulfatados (GAGs) no útero de camundongas durante o ciclo estral. MÉTODOS: Utilizaram-se quatro grupos de camundongas virgens com 100 dias de idade (n= 10 cada) conforme a fase ciclo estral: proestro, estro, metaestro e diestro. Amostras da porção média dos cornos uterinos foram preparadas para observação em microscopia de luz (H/E e Alcian blue + PAS). Os GAGs foram extraídos e caracterizados por eletroforese em gel de agarose. Os dados foram analisados pelo teste t de Student não pareado. RESULTADOS: À microscopia de luz, os GAGs sulfatados apresentam-se em todas as camadas do útero, em especial no endométrio, entre as fibras colágenas, na membrana basal e ao redor dos fibroblastos. A análise bioquímica mostrou haver dermatam sulfato (DS), condroitim sulfato (CS) e heparam sulfato (HS) durante todas as fases do ciclo estral. Não houve separação eletroforética clara entre DS e CS, de modo que estes dois GAGs foram considerados em conjunto (DS+CS) (proestro = 0,854 ± 0,192; estro = 1,073 ± 0,254; metaestro = 1,003 ± 0,255; e diestro = 0,632 ± 0,443 µg/mg). Os resultados de HS foram: proestro = 0,092 ± 0,097; estro = 0,180 ± 0,141; metaestro = 0,091 ± 0,046; e diestro = 0,233 ± 0,147 µg/mg. A concentração DS+CS apresentou-se maior no estro (ação estrogênica) e a do HS no diestro (ação progestagênica). CONCLUSÃO: Os GAGs no útero de camundongas sofrem alterações durante as fases do ciclo estral, refletindo o constante processo de renovação, sendo modulados pelos hormônios sexuais.

Keywords : Glicosaminoglicanos sulfatados; Útero; Ciclo estral; Camundongas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese