SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue2Synergistic effect between dexmedetomidine and 0.75% ropivacaine in epidural anesthesia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

ORSI, Juliana Vianna de Andrade et al. Impacto da obesidade na capacidade funcional de mulheres. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2008, vol.54, n.2, pp. 106-109. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302008000200010.

OBJETIVO: Avaliar a capacidade funcional em mulheres eutróficas, com sobrepeso e obesas. MÉTODOS: Estudo transversal analítico envolvendo 90 mulheres adultas com idade entre 40 e 60 anos, alocadas em três grupos de acordo com a classificação do índice de massa corporal: eutróficas (n=30), sobrepeso (n=30) e obesas (n=30). As pacientes foram entrevistadas usando um instrumento de avaliação de qualidade de vida específico para capacidade funcional o Stanford Health Assessment Questionnaire (HAQ-20). Também foram submetidas a teste de esforço para comparação do consumo máximo de oxigênio (VO2max) entre os três grupos. Para análise estatística foram usados o teste do Qui quadrado, a análise de variância de Kruskal-Wallis e as correlações de Spearman e Pearson para p= 0,05. RESULTADOS: As mulheres obesas apresentaram escores do HAQ-20 (0,375) significantemente maiores (p<0,05) do que os outros grupos (0), refletindo pior capacidade funcional. O grupo obesas apresentou valores de VO2max (25,8±5,0ml/kg/min) significantemente menores (p<0,001) que sobrepeso (29,9±6,1ml/kg/min) e eutróficas (33,8±4,1ml/kg/min), indicando pior aptidão cardiorrespiratória. Não houve diferença significante entre eutróficas e sobrepeso para VO2max e escores do HAQ-20. A hipertensão arterial foi mais freqüente nas mulheres obesas (p=0,012) que também apresentaram menores níveis de escolaridade (p= 0,026). CONCLUSÃO: As mulheres obesas apresentaram redução da aptidão física e da capacidade funcional em relação às eutróficas e sobrepeso, o que vem se somar ao pior prognóstico para doenças cardiovasculares dessas pacientes.

Keywords : Obesidade; Qualidade de vida; Índice de massa corporal; Teste de esforço; Mulheres.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese