SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 número2Fatores associados à bacteriúria após sondagem vesical na cirurgia ginecológicaProposta de sistematização do estudo elastográfico de lesões mamárias pela ultrassonografia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Associação Médica Brasileira

versão impressa ISSN 0104-4230versão On-line ISSN 1806-9282

Resumo

MACHADO, Jacqueline et al. Estado nutricional na doença de Alzheimer. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2009, vol.55, n.2, pp.188-191. ISSN 0104-4230.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302009000200024.

OBJETIVO: Descrever aspectos nutricionais de idosos com doença de Alzheimer leve a moderada em ambulatório. MÉTODOS: A amostra contou com a participação de 40 idosos de ambos os sexos, diagnosticados com doença da Alzheimer (NINCDS-ADRDA) por seleção consecutiva. Foram realizadas avaliações socioeconômicas de atividades de vida diária, antropométrica, clínica e dietética. RESULTADOS: Do total, 65% eram do sexo feminino. Ao se verificar a capacidade funcional, constatou-se que mais de 70% dos idosos mostraram-se independentes para a realização de suas atividades de vida diária. Com base na avaliação do estado nutricional e na gravidade da doença, os idosos encontraram-se eutróficos, com diferença estatisticamente significativa na circunferência do braço entre os graus de demência. Quanto à presença de enfermidades secundárias à doença, 52% dos idosos apresentaram hipertensão arterial sistêmica, seguido de alterações do tipo artrose (17%). O consumo médio de energia e de macronutrientes dos idosos classificados no estágio leve foi de 1645 kcal, distribuídos em 53,7% para carboidratos, 17,5% para proteínas e 28,8% para lipídeos, enquanto que aqueles no estágio moderado foi de 1482 kcal, distribuídos em 59,3% para carboidratos, 16,1% para proteínas e 24,6% para lipídeos. CONCLUSÃO: Neste estudo descritivo de uma amostra ambulatorial de idosos com DA leve e moderada a maior parte deles apresentou estado nutricional de eutrofia, com consumo dietético adequado de carboidratos, proteínas, lipídeos e vitamina C, embora com baixo consumo alimentar de vitamina E.

Palavras-chave : Idoso; Doença de Alzheimer; Estado nutricional.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons